Imprimir esta página

COVID19

Governo pondera proibição da circulação entre concelhos nos primeiros dois fins de semana de dezembro e antecipação de férias de Natal

Regional 19 Nov. 2020

O Governo está a equacionar a proibição da circulação entre os concelhos do país para os primeiros dois fins de semana de dezembro, alargados pelos feriados dos dias 1 e 8, respetivamente. A ideia passa por evitar encontros familiares numa fase em que teme um pico de internamentos devido à pandemia, mas, mesmo que seja imposta, permitirá a circulação a estudantes e trabalhadores, segundo avança o Jornal de Notícias.

Outra das medidas a ser analisada é a antecipação das férias escolares — marcadas para ter início a 18 de dezembro — de forma a evitar o encerramento das aulas presenciais. O JN avança, porém, que os ministros da Educação e do Ensino Superior não concordam com a medida.

O mesmo jornal adianta ainda que o Governo chegou a considerar impôr o confinamento geral entre 28 de novembro e 13 de dezembro, mas que tal ideia foi descartada temendo-se que isso significasse uma corrida às compras de Natal nos dias seguintes.

A proposta de restrições à circulação entre concelhos é revelada antes de ser reunido o Conselho de Ministros onde vai ser decidido a prolongamento do estado de emergência, assim como algumas alterações às medidas atualmente vigentes. Uma delas, já foi adiantado pelo PEV, passa pela criação de um sistema de três níveis de gravidade com graus de restrição consoante o número de infeções por 100 mil habitantes.