03 Dez. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-23:00

Governo prolonga situação de calamidade

Regional 08 Jul. 2021

"O Conselho de Ministros aprovou hoje uma resolução que prorroga a situação de calamidade até ao dia 25 de julho de 2021 e altera as medidas aplicáveis a determinados concelhos," refere o comunicado divulgado após o Conselho de Ministros.

A situação de calamidade entrou em vigor a 01 de maio e tem sido renovada quinzenalmente. A atual situação de calamidade termina às 23h59 de domingo, dia 11 de julho.

Há 33 concelhos em risco muito elevado, ou seja,  que já ultrapassaram duas vezes os 240 casos de covid-19 por 100 mil habitantes (ou 480 nos territórios de baixa densidade), são já 33 (eram 19 na semana passada): Albufeira, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Avis, Barreiro, Cascais, Constância, Faro, Lagos, Lisboa, Loulé, Loures, Lourinhã, Mafra, Mira, Moita, Montijo, Mourão, Nazaré, Odivelas, Oeiras, Olhão, Porto, Santo Tirso, São Brás de Alportel, Seixal, Sesimbra, Silves, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Vagos e Vila Franca de Xira.

Nestes concelhos as medidas em vigor são:

  • Teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam; Restaurantes, cafés e pastelarias até às 22h30 (no interior, com um máximo de 4 pessoas por grupo; em esplanada, 6 pessoas por grupo); Espetáculos culturais até às 22h30; Casamentos e batizados com 25% da lotação; Ginásios sem aulas de grupo;; Modalidades desportivas de baixo e médio risco; Comércio a retalho durante a semana: até às 21h; Ao fim-de-semana e feriados: retalho alimentar até às 19h e não-alimentar até às 15h30; Limitação da circulação na via pública a partir das 23h nos concelhos de risco elevado e muito elevado

Com risco elevado estão 27 concelhos, ou seja, os que ultrapassaram os 120 casos de infeção por 100 mil habitantes (ou 240 nos territórios de baixa densidade), : Albergaria-a-Velha, Alenquer, Aveiro, Azambuja, Bombarral, Braga, Cartaxo, Constância, Ílhavo, Lagoa, Matosinhos, Óbidos, Palmela, Portimão, Paredes de Coura, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Setúbal, Sines, Torres Vedras, Trancoso, Trofa, Viana do Alentejo, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia e Viseu.

Nestes concelhos as medidas em vigor são:

  • Teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam; Restaurantes, cafés e pastelarias até às 22h30 (no interior, com um máximo de 6 pessoas por grupo; em esplanada, 10 pessoas por grupo); Espetáculos culturais com os mesmos horários da restauração; Comércio a retalho até às 21h; Limitação da circulação na via pública a partir das 23h nos concelhos de risco elevado e muito elevado

Para além destes há 34 concelhos que estão em alerta, ou seja, que excederam as 120 infeções por 100 mil habitantes (240 nos territórios de baixa densidade) são 34: Alcobaça, Arouca, Arraiolos, Barcelos, Batalha, Benavente, Caldas da Rainha, Cantanhede, Carregal do Sal, Castro Marim, Chaves, Coimbra, Elvas, Espinho, Figueira da Foz, Gondomar, Guimarães, Leiria, Lousada, Maia, Monchique, Montemor-o-Novo, Oliveira do Bairro, Paredes, Pedrogão Grande, Peniche, Porto de Mós, Póvoa do Varzim, Reguengos de Monsaraz, Santiago do Cacém, Tavira, Valongo, Vila do Bispo, Vila Real Santo António.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31