Grandola

Grândola: Instrutora de condução detida por “dar” quilómetros a aluna que faltou a aula!

Regional 13 Nov. 2021

Uma mulher de 59 anos foi detida, em Grândola, pelo uso indevido de dispositivo de monotorização de instrução de condução, em benefício de uma aluna que não estaria a frequentar a aula.

Segundo comunicado enviado à nossa redação pela GNR, 

No decorrer de uma operação de fiscalização rodoviária na localidade de Grândola, os militares da Guarda fiscalizaram uma viatura de uma escola de instrução, tendo sido possível constatar que o dispositivo de monitorização estava a registar tempo e distância para um instruendo que não se encontrava no veículo, beneficiando-o, não estando a registar os dados para a instruenda que se encontrava a praticar naquele momento. De referir que cada instruendo, para ser submetido a exame prático, necessita de efetuar 32 horas de condução e percorrer 500 quilómetros.

A instrutora foi constituída arguida, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Grândola.

A Guarda Nacional Republicana procura prevenir e reprimir as irregularidades ocorridas no ensino da condução procurando assim que os instruendos tenham o melhor ensino possível antes de serem submetidos a exame prático, bem como fenómenos que colocam em causa a segurança rodoviária de todos aqueles que utilizam a via pública.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31