Guadiana

Gravuras rupestres descobertas no Guadiana alvo de estudo e certificação

Publicado em Regional 08 março, 2018

As gravuras rupestres descobertas recentemente nas margens do Guadiana estão a ser alvo de estudo e certificação pela Direção Geral da Cultura do Alentejo e pelo município de Elvas.

A informação foi divulgada esta quinta-feira (8 de março) numa conferência de imprensa realizada na Câmara de Elvas, em que, de acordo com Ana Paula Amendoeira, diretora Regional de Cultura do Alentejo, está a ser feito “o estudo do achado, num trabalho em parceria com a Câmara de Elvas”.

Na conferência, o arqueólogo António Batista esclarece que as gravuras “são pré-históricas, facilmente identificadas com o período calcolítico, com mais de cinco mil anos, com motivos não figurativos, de arte esquemática”, caracterizando-as como “arte dos povos, que viviam nesta época nestes povoados”.

Por sua vez, o presidente do municio elvense, Nuno Mocinha, considerou que, neste momento, o importante é a “certificação técnica de que as rochas são, de facto, gravuras rupestres, datadas com mais de cinco mil anos”.

Ao longo desta semana, decorreu a campanha de estudo e documentação destas manifestações artísticas.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28