“Havia quem há muito não jantava ou rezava em família, foi um tempo com contrariedades, mas também com muitas graças para as nossas famílias” diz Pe. Fernando Lopes (c/som)

Regional 02 Jun. 2020

Decorreu no sábado, a Bênção das Famílias no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Viçosa.

Esta foi a primeira celebração comunitária da Arquidiocese de Évora, celebrada por D. Francisco José Senra Coelho, Arcebispo da diocese.

A RC falou com o Padre Fernando Lopes, responsável do Departamento da Pastoral da Família, que vê a reabertura das Igrejas como um momento “muito significativo [o de] voltarmos a estar reunidos à volta do mesmo altar, que sempre estivemos, ainda que através das plataformas digitais”.

O Padre refere que, apesar da distância física durante o período de Estado de Emergência, houve sempre união.

Durante o período de confinamento, referiu-se por diversas vezes que houve uma maior união entre famílias. O responsável do Departamento da Pastoral da Família corrobora esta afirmação.

“Posso dizer que sim, pelo contacto que tenho com algumas famílias, o testemunho deles vai nessa direção. Ao longo destes meses algumas famílias com muitas dificuldades puderam viver algo que já não viviam há muito tempo. Andamos sempre controlados pelo tempo e havia casais que disseram que já há muito tempo não jantavam ou rezavam em família. Acho que foi um tempo com muitas contrariedades, mas também com muitas graças para as nossas famílias”.

Sobre as medidas de segurança que existem agora nas Igrejas para a realização da Eucaristia, o sacerdote acredita que “teremos todas as medidas de segurança para todos celebrarmos a Eucaristia”.

São várias as mudanças nas celebrações religiosas e, muitas são as Igrejas que costumavam encher-se de fiéis e por isso agora estão a criar mais horários para que não haja tanta afluência. Desta forma, o Padre Fernando Lopes informa que existem “todas as medidas de segurança e que poderemos celebrar em segurança e com todas as condições” e apela a “todos aqueles que querem frequentar as nossas Eucaristias e celebrações para não escolherem todos o mesmo horário, mas irem-se revezando pelos diversos horários que muitas Igrejas oferecem para celebrarmos com segurança”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31