12 dezembro, 2018
Augusta Serrano
Notícias
17:00-19:30

Alentejo

Hospitais do Alentejo com cirurgias canceladas devido à greve dos enfermeiros

Publicado em Regional 10 outubro, 2018

A greve dos enfermeiros encerrou, esta quarta-feira (10 de outubro), no primeiro de seis dias de paralisação, “várias salas de cirurgias nos blocos operatórios de toda a região”, disse o dirigente nacional e coordenador no Alentejo do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) à Lusa.

Segundo o dirigente, a cirurgia de ambulatório do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) regista 100% de adesão à greve, uma vez que “os três enfermeiros escalados estão em greve”, e dos 17 enfermeiros escalados para o bloco operatório, “11 aderiram” à paralisação, o que “ronda os 65%”.

Já em Portalegre, “não existe cirurgia de ambulatório” no Hospital, disse o sindicalista, indicando que “dos 11 enfermeiros que constam da escala para hoje” no bloco operatório, “oito fizeram greve”, numa adesão “na ordem dos 73%”.

Em Beja, foi registada a menor adesão à greve, na ordem dos “45%”, disse o dirigente. No Hospital de Beja, “dos 18 enfermeiros escalados para o bloco operatório, oito aderiram” ao protesto, o que, ainda assim, teve efeitos.

Contactados os hospitais, ambos disseram à RC que “não prestam declarações relativas à grave”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31