Saude

Hospital Central de Évora continua a aguardar decisão do Governo sobre modelo de financiamento, diz Diretor da ARS Alentejo (c/som)

Regional 02 Ago. 2017

A construção do Hospital Central de Évora, é esperada pela cidade e por toda a região, há mais de uma década. No final do ano de 2016, o governo anunciou o lançamento do concurso público, assim que o modelo de financiamento para a nova unidade hospital fosse definido. Esta decisão, foi remetida para o primeiro semestre de 2017.

Não tendo sido tomada ainda, José Robalo, Diretor da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, declara à Rádio Campanário que “já justificámos a viabilidade económica deste projeto”, faltando “haver a decisão sobre o modelo de financiamento […] definitivo”, por parte do Governo.

O diretor da ARS explica que “tivemos que fazer um estudo de viabilidade económica desta nova unidade”. O mesmo já foi entregue, estando “para decisão, a forma que se irá desenvolver para o financiamento desta construção” Acrescenta que, “dentro de pouco tempo, teremos efetivamente essa decisão”.

Tendo sido necessário provar “quais eram as vantagens em termos de eficiência por parte da unidade hospitalar, de se construir uma nova unidade”, o referido estudo serviu para fundamentar “a decisão sobre a construção de um novo hospital”, em detrimento da “unidade existente”.

Esse estudo já foi entregue, “carece agora de aprovação por parte do Governo”, conclui.

Recorde-se que a discussão se tem centrado entre recorrer a um modelo de financiamento direto, ou um financiamento por parceria público-privada, apenas infraestrutural, continuando a prever-se o lançamento do concurso para o presente ano.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31