Alentejo

Hospital de Évora falha meta de pagamento a fornecedores em 2017

Publicado em Regional 03 maio, 2018

Apenas um dos quatro hospitais do Alentejo cumpriu, no ano de 2017, as metas para redução dos prazos de pagamento de dívidas a fornecedores, segundo documento com os “prazos médios de pagamento” de várias instituições públicas, uúblicado pelo Governo.

Segundo o documento, o Hospital do Espirito Santo em Évora e as Unidades Locais de Saúde do Norte e Litoral Alentejano não cumpriram o prazo objetivado para 2017, tendo ambos agravado o prazo quando comparado com o último trimestre de 2016.

Destas três unidades, a mais gravosa é o Hospital de Évora, que demorou 178 dias (144 em 2016) para efetuar os pagamentos, seguindo-se o Norte Alentejano que demorou 103 dias (91 em 2016) e a situação menos gravosa está no Litoral Alentejano, que demorou 54 dias (43 em 2016) para efetuar os pagamentos no último trimestre do ano passado.

No Alentejo, apenas a Unidade de Saúde do Baixo Alentejo cumpriu a meta, tendo reduzido o prazo de pagamento de 277 dias, registado em 2016, para 233 no final do ano de 2017. Esta redução faz com que esta unidade de saúde alentejana seja um dos 3 hospitais públicos que cumpriu as metas estipuladas pelo Governo.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31