09 Fev. 2023
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Alentejo

ICNF "leva" linces-ibéricos do Alentejo ao veterinário!

Regional Escrito por  01 Dez. 2022

Até 15 de dezembro decorre a campanha anual de capturas de lince-ibérico (Lynx pardinus), para acompanhamento do estado de saúde da população da espécie nas regiões do Alentejo e Algarve.

De acordo com a informação avançada pelo ICNF , os trabalhos com envolvimento direto de equipas do ICNF iniciaram-se a 3 de outubro, prevendo-se a recolha de 25 exemplares. Capturaram-se  já 18 indivíduos em 5 locais e o objetivo desta ação é ter uma amostra, relativamente homogénea, em termos de idade, sexo e áreas geográficas que permita obter um cenário realista.

Em locais selecionados são instaladas armadilhas de caixa verificadas todos os dias, com os linces a serem recolhidos, manipulados no campo ou transferidos para a clínica avançada existente na sede do Parque Natural do Vale do Guadiana, em Mértola. Após um procedimento de anestesia, são avaliados com detalhe.
 
Além do registo dos padrões de pelagem, dados biométricos, colheita de parasitas, fezes e urina, os linces são também vacinados contra a leucemia felina, uma doença potencialmente transmitida por gatos domésticos, que caso se espalhe pela população de lince-ibérico, poderá pôr em perigo o processo de reintrodução. Também é feita uma colheita de sangue para avaliar parâmetros fisiológicos, detetar patologias através de testes PCR e pesquisa de anticorpos, procurando-se efetuar ainda a caracterização genética de cada indivíduo.

As capturas são assim uma atuação fundamental para gerir a população, pois caso sejam detetadas doenças potencialmente graves pode-se atuar imediatamente. A campanha envolve técnicos e Vigilantes da Natureza das Direções Regionais de Conservação da Natureza e Florestas do Alentejo e do Algarve, equipas que desenvolvem um trabalho de constante monitorização dos linces-ibéricos que vivem em liberdade.

É um trabalho essencial também para avaliar o sucesso da reintrodução e adaptação dos linces ao meio selvagem e que consiste no seguimento de linces equipados com coleiras de radiotelemetria, nas capturas, na monitorização de imagens de fotoarmadilhagem e, mais recentemente, na identificação de indivíduos a partir de DNA recolhido em fezes.
 
O projeto de reintrodução do lince-ibérico  é atualmente apoiado financeiramente pelo programa LIFE, através do projeto LYNXCONNECT e tem tido um sucesso muito considerável, com a população a ultrapassar os 200 indivíduos, em 2021, resultado de uma colaboração estreita entre o ICNF, caçadores, proprietários, agricultores, população local e outras partes interessadas.

Fonte/Foto: ICNF

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28