MontemoroNovo

Evora

IGAS investiga morte de menina de 6 anos por alegada falha de transporte em Montemor-o-Novo

Regional 25 Jan. 2019

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) está a investigar as circunstâncias da morte de uma menina de 6 anos, em outubro de 2018, transportada do Centro de Saúde de Montemor-o-Novo para o Hospital de Évora.

Segundo comandante dos Bombeiros de Montemor-o-Novo, Luís Paixão, “no dia 28 de outubro recebemos uma chamada via CODU para uma menina de 6 anos, inconsciente”.

“A equipa, quando chegou com a viatura INEM mais 3 operacionais, encontrou a menina que não reagia a estímulos. Respirava mas estava inconsciente. Deslocámo-nos logo para o Centro de Saúde (SUB), onde foi vista por uma equipa médica", conta ao CM o comandante.

Segundo o comandante, os bombeiros nem tinham saído do parque de estacionamento da unidade quando receberam novo pedido para levar a menina a Évora, algo que poderia ser feito pelo corpo de bombeiros mas "talvez com algum apoio diferenciado, que não aconteceu", acrescentou.

Segundo a informação dada aos bombeiros, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação não estava disponível. A criança deu entrada na Urgência do hospital em paragem cardiorrespiratória, acabando por falecer nesta unidade de saúde.

Segundo a Administração Regional de Saúde do Alentejo "foi desde logo aberto um processo interno" para esclarecer o que ocorreu no SUB de Montemor-o-Novo.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31