17 Set. 2021
Nuno Rocha
Madrugar
07:30-09:00

COVID19

Imunização dos jovens antes do próximo ano letivo só com a redução do prazo entre doses

Regional 31 Jul. 2021

Vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, afirmou esta sexta-feira que o cumprimento do calendário para vacinar os jovens antes do início do ano letivo só é possível com a redução do intervalo entre doses.

"Para concretizar o plano que está desenhado para que os jovens comecem o ano letivo já com a segunda dose, preciso de encurtar o prazo entre doses", disse o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo aos jornalistas, reiterando que a medida pedida à Direção-Geral da Saúde (DGS) - e declarada pelo próprio na reunião de peritos na terça-feira no Infarmed - "faz todo o sentido" nesta fase do processo.

Em declarações ao DN, o governador da Task Force, recordou que já foi reduzido anteriormente o prazo entre tomas das duas doses da vacina da AstraZeneca e defendeu uma decisão similar para a vacina da Pfizer, perante a chegada de um milhão de vacinas dessa farmacêutica.

Segundo os pareceres preliminares, existe a recomendação para a toma da vacina sem restrições entre os 16 e 17 anos.

A Task force prevê que a vacinação comece no fim de semana de 14 e 15 de agosto.

In DN

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30