Estremoz

“Independentemente de termos ou não apoio vamos avançar com a remodelação” das camaratas femininas, diz pres. dos Bombeiros de Estremoz (c/som)

Publicado em Regional 31 outubro, 2018

A construção ou adaptação do quartel de bombeiros para receber elementos femininos, foi uma das reivindicações e pedidos de auxílio feitos junto de entidades ligadas ao Governo, nomeadamente ao Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, presente na cerimónia dos 85 Anos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estremoz. Porém, à margem desta cerimónia, o presidente da associação, Carlos Ferreira, admitiu à Campanário que “independentemente de termos ou não apoio nós vamos avançar com essa remodelação”.

Nas palavras do dirigente, que tomou posse este ano, a Direção tem intenções de avançar com a obra porque “queremos que as nossas bombeiras se sintam bem e tenham boas condições de trabalho”. Uma vez que “temos 15 [bombeiras] no corpo ativo”, para as quais “temos uma camarata mínima em que elas quase que têm que, é um exagero dizer que partilham a mesma cama, mas é difícil arranjar o espaço para elas descansarem”.

Por lado, “há também a parte dos balneários, que também estão completamente ultrapassados e exíguos para as necessidades deste corpo feminino”, explica Carlos Ferreira. O dirigente diz-se “esperançado que até ao final do mandato consigamos esse objetivo”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30