“Já tivemos Governos de centro direita que fizeram políticas de esquerda e esquerda que fazem políticas de direita, no sentar na cadeira do poder é que vai fazer a Governação”, diz Luís Mourinha sobre Governo de António Costa (c/som)

Regional 01 Dez. 2015

O presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luís Mourinha, é apologista de que os Governos tais como as Câmaras Municipais “devem ser maioritários, (…) porque cria tranquilidade na gestão, eu também já estive no executivo em minoria e não correu mal, depende das pessoas (…) na política nacional não são só pessoas, é um partido e os partidos são milhares de pessoas, é um conjunto de interesses que muitas vezes são antagónicos, até nos fins que apregoam, é uma nova experiencia que a maioria das pessoas espera que não corra bem, há grandes entraves, eu espero é que este Governo lime o que podia ser corrigido no Governo anterior em termos das autarquias, e que o país consiga manter o não endividamento em excesso porque senão voltamos a ter mais impostos, acho que só daqui a seis ou sete meses é que podemos avaliar”.

Quando questionado sobre o facto de referir que há muitas pessoas que esperam que corra mal, se é porque as políticas são díspares e o Partido Comunista e o Partido Socialista não se conciliarão nas suas medidas, nos seus objetivos e nos seus programas, Luís Mourinha refere que “na gestão do país, muitas vezes o que é defendido publicamente ao longo dos anos não pode ser levado à prática e muitas vezes quem é de esquerda até faz uma gestão mais ao centro e quem é do centro faz uma gestão mais à esquerda, já tivemos Governos de centro direita que fizeram políticas de esquerda e esquerda que fazem políticas de direita, digamos que no sentar na cadeira do poder é que vai fazer a Governação”.

“Eu acho que quem tem mais dificuldades em aceitar a continuação vai ser o Partido Comunista e o Bloco de Esquerda, penso que o Partido Socialista vai administrar o país um pouco à imagem do que fez o Governo anterior com algumas medidas limadas no que diz respeito às autarquias locais”, salienta.

Sobre se é o que pretende para a Câmara de Estremoz, Luís Mourinha declarou que “não podemos dizer que houve eleições, há um conjunto de legislação, o Governo anterior tratou muito bem o Município de Estremoz, mas agora começa o novo caminho, não sou daqueles que quer que corra mal mas se correr bem é melhor para os portugueses, mas há dúvidas sobre isso (…) eu estarei nessa linha de dúvida se vai correr mal, atendendo à disponibilidade de opiniões e de não ter sido um protocolo assinado por todas as forças políticas que quiseram que o PS governasse, aí a minha maior dúvida (…) espero que os investidores não fujam de Portugal com estas tricas que podem vir a acontecer”.

O autarca diz ainda que “todos os Governos vão apresentar políticas para melhorar todo o país, Estremoz tem beneficiado, vai aos fundos comunitários, espero que este Governo ponha rapidamente os fundos comunitários em funcionamento para que possamos concorrer e melhorar as infraestruturas e apoiar as pessoas o mais rapidamente possível”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31