Campo Maior

João Nabeiro defende que hotelaria no Alentejo teria mais êxito com um “acrescento de valores como profissionalismo e atendimento” (c/som)

Publicado em Regional 14 setembro, 2019

João Nabeiro, administrador do Grupo Nabeiro (detentor da Delta Cafés), falou aos microfones da RC sobre a indústria e demografia da região, e defendeu que o Alentejo poderia oferecer uma hotelaria com maior diferenciação, se às suas caraterísticas naturais se associasse mão de obra mais qualificada.

O dirigente defende que o Alentejo “tem muitas oportunidades” e tem havido uma procura contante por parte de investidores, mas debate-se com o problema da “demografia escassa”, sendo “extremamente difícil repor” a população que a região tem perdido.

“Mas somos resilientes no dia a dia” e “creio que alguma coisa temos feito”, conclui.

“Sou alentejano, sou apaixonado por aquilo que sou e pelas minhas origens”
João Nabeiro

 

Questionado sobre as mais-valias que uma mão-de-obra qualificada traria ao território, João Nabeiro exemplifica com o setor da hotelaria, em que “com base nas caraterísticas de ser e de estar do Alentejo, seria maravilhoso e […] poderia ser uma oferta com muita diferenciação”, mas para tal defende a necessidade de “um acrescento dos valores que têm que ser trabalhados, o profissionalismo, o atendimento, as pequenas atenções de que se reveste as caraterísticas hoteleiras”.

“O nosso montado é impagável, e o nosso coração está com estas caraterísticas do sobreiro e da azinheira da nossa floresta mediterrânica”
João Nabeiro

Esta mudança requer um trabalho diário e contínuo, “de escolas, e depois daqueles que são os empreendedores e que apostam nos seus territórios”, defende.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31