Alentejo

Portalegre

HOSPITAL DE PORTALEGRE

MEDICOS

CIRURGIA

José Robalo vê o Hospital de Portalegre como uma instituição de referência no Alentejo “apesar das dificuldades e falta de meios”, por ter realizado, pela vez primeira, uma remoção do estômago por via laparoscópica

José Robalo vê o Hospital de Portalegre como uma instituição de referência no Alentejo “apesar das dificuldades e falta de meios”, por ter realizado, pela vez primeira, uma remoção do estômago por via laparoscópica DR
Regional 20 Nov. 2019

O hospital de Portalegre realizou pela primeira vez, no passado mês de Outubro, uma remoção do estômago (gastrectomia) por via laparoscópica.

José Robalo, diretor da Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARSA), explica que “este é um tipo de intervenção positiva uma vez que o tempo de recuperação dos pacientes reduz significativamente e o traumatismo cirúrgico não é tão grande como seria numa cirurgia convencional”.

“Cada vez mais se usa este tipo de técnica e os profissionais vão adquirindo mais experiência e começam a fazer outros tipos de cirurgias inovadoras”, esclarece José Robalo.

Os profissionais clínicos do território alentejano sofrem de uma grave ausência de meios e o diretor da ARSA admite que “quando não temos profissionais, vamos tentando fazer contratos de prestação de serviços com especialistas no sentido de dar resposta ao que as pessoas têm direito”.

José Robalo faz ainda questão de destacar “o empenho dos médicos do Hospital de Portalegre apesar das dificuldades e falta de meios que os profissionais enfrentam” e diz “ estar a afirmar-se como uma instituição de referência”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31