Reguengos de Monsaraz

Mãe de suspeita de matar idoso para lhe roubar a reforma diz "Sei que foi a minha filha"!

Regional 02 Dez. 2021

“Não esperava uma coisa destas, mas agora sei que foi a minha filha que o matou”, afirmou esta quarta-feira ao CM Conceição Falé, mãe da mulher de 34 anos que foi detida segunda-feira pela PJ de Évora, suspeita do homicídio de um idoso, de 82, em janeiro.

Segundo avança o Correio da Manhã “Uma vez ela estava aqui, alcoolizada, e disse que tinha sido ela a matar o Manuel Lopes, mas negou logo a seguir”, recorda a familiar, acrescentando que foi a filha, na companhia de outro homem, a levantar a pensão da vítima, dias antes de esta ser assassinada.

Recorde-se que este crime aconteceu em janeiro, na zona industrial de Reguengos de Monsaraz. A mulher foi agora detida e está em prisão preventiva. Foi encaminhada para o Estabelecimento Prisional de Tires, no concelho de Cascais, distrito de Lisboa, onde vai aguardar o desenrolar do processo.

a PJ explicou que a mulher foi identificada e detida pela Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, pela alegada autoria do crime ocorrido a 15 de janeiro deste ano.

“A arguida, com recurso a extrema violência física, terá agido com intenção de se apropriar do dinheiro que a vítima tinha na sua residência, após ter recebido a respetiva pensão social”, adiantou a polícia de investigação criminal.

A mulher, desempregada, tem vários antecedentes criminais, segundo a PJ.

A vítima foi encontrada, já sem vida, na noite de 15 de janeiro, na sua casa em Reguengos de Monsaraz, com o corpo a apresentar "indícios de violência", disse na altura à Lusa fonte da GNR.

A PJ foi contactada e ficou responsável pela investigação do caso.

Fonte: Correio da Manhã/Polícia Judiciária

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31