Materiais Diversos chama jovens e artistas de Santarém e Évora para projecto colaborativo

Regional 22 Nov. 2021

A associação cultural procura artistas menores de 40 anos para integrar o projecto Dentes de Leão. Cinco criações vão ser desenvolvidas em residências artísticas em Évora e no Sardoal, avança o Público.

A Materiais Diversos abriu candidaturas para jovens e artistas dos distritos de Évora e Santarém para o projecto de arte participativa Dentes de Leão, que, até Março de 2023, desafia a criação cultural em Évora e Sardoal.

A associação cultural abriu duas convocatórias, uma para artistas e outra para jovens, para o projecto que vai decorrer entre Janeiro de 2022 e Março de 2023.

Segundo a nota, intervenientes de Évora, Sardoal (no distrito de Santarém), Lisboa, Reiquiavique (capital da Islândia) e Oslo (capital da Noruega) “vão participar em encontros informais, residências artísticas, oficinas e laboratórios e trabalhar em conjunto na criação e apresentação de projectos colaborativos”.

Numa das convocatórias, aberta até 5 de Janeiro de 2022, a Materiais Diversos procura jovens entre os 15 e os 18 anos, residentes nos concelhos de Évora, Sardoal e Lisboa, interessados em integrar o projecto e em “colaborar no desenvolvimento e apresentação pública de cinco criações artísticas”.

A outra convocatória dirige-se a artistas menores de 40 anos e naturais ou residentes nos distritos de Évora e de Santarém, que se podem candidatar até ao próximo dia 14 de Dezembro, sendo, até dia 20, escolhidos 12 pela qualidade e potencial do portfólio apresentado, pertinência do projecto no seu percurso, relação com os territórios, motivação para as artes participativas, compreensão do âmbito e objectivos do projecto.

Os artistas seleccionados para integrar o projecto terão uma primeira fase de formação e pesquisa, a decorrer de Janeiro a Maio de 2022, e uma segunda de criação e apresentação, de Junho de 2022 a Março de 2023.

Na primeira fase, os artistas participarão em dois laboratórios e duas residências partilhadas, apresentando seguidamente propostas concebidas para Évora e Sardoal, as quais serão objecto de uma selecção, com a colaboração dos jovens, num encontro que se realizará em Maio de 2022 na Culturgest, em Lisboa.

Desta selecção, resultarão cinco criações (uma delas de um artista da Islândia), a serem desenvolvidas ao longo da segunda fase, em residências artísticas em Évora e no Sardoal. As apresentações acontecerão em atelier aberto em Évora e nos ciclos de artes participativas no Sardoal, ambas em Outubro de 2022, e em Lisboa, em Janeiro de 2023.

“Ao longo de todo o processo, será dada grande importância à participação dos jovens de Évora, Sardoal e Lisboa, a quem caberá mapear os territórios onde os projectos se irão desenvolver, partilhar inquietações e expectativas e colaborar com todos os artistas, pelo que se prevêem encontros mensais (presenciais ou virtuais) entre estes intervenientes”, afirma a nota.

In https://www.publico.pt/

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31