Imprimir esta página

NACIONAL

Mau tempo das últimas horas provoca mais de cem inundações, quedas de árvores de estruturas

Regional 19 Set. 2020

De acordo com a notícia avançada pelo Correio da Manhã, as autoridades registaram esta sexta-feira em Portugal continental 309 ocorrências devido ao mau tempo, entre as 00h00 e as 18h00.

Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil, o maior número de ocorrências foram pequenas inundações (129), seguidas de quedas de árvores (83) e queda de estruturas (37), tendo-se ainda verificado dois deslizamentos de terra. As mais significativas foram inundações em Setúbal e em Alhandra e fenómenos relacionados com ventos fortes em Beja e Palmela.

Em Beja e Palmela, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera explicou que os fenómenos ocorridos  aconteceram devido a “células convectivas desorganizadas”, supercélulas, que podem originar a formação de tornados.

Na cidade alentejana, uma tempestade atingiu várias zonas e provocou a queda de dezenas de árvores e danos em veículos e infraestruturas. Segundo esclarecimento da câmara local ao Correio da Manhã, “prejuízos são elevados, mas ainda não foram contabilizados”.

Já um fenómeno de ventos fortes ocorrido em Palmela – originando a formação de um tornado – provocou a queda de árvores e postes da eletricidade, e fez danos em duas habitações, mas segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal não houve feridos nem desalojados.