Beja

Militar de mourão suspenso da força aérea por alegadamente ter furtado computador e router de internet no valor de 660 euros

Publicado em Regional 23 abril, 2019

Um militar da Base Aérea (BA) 11, em Beja, vai ser julgado por dois crimes de furto simples no interior da unidade. O caso remonta a março de 2017, quando o militar, natural e residente em Mourão, alegadamente terá furtado um router de internet e um computador portátil.

Segundo a informação avançada pelo lidadornoticias, o militar, à data com 22 anos, está acusado de no dia 9 de março ter furtado do interior do corredor do 1º piso do alojamento 107 um router de internet, no valor de 60 euros. Dezoito dias depois furtou um computador portátil, no valor de 600 euros, na sala de briefings do Clube de Oficiais da unidade.

Depois de acusado pelo Ministério Público de Beja pelos dois crimes de furto, o Juízo Local Criminal promoveu a suspensão provisória do processo, durante quatro meses, caso o arguido fizesse uma doação de 400 euros aos Bombeiros Voluntários de Mértola.

No entanto o suspeito não cumpriu a decisão e nunca mais respondeu às solicitações do Tribunal, motivo pelo qual foi ordenado o prosseguimento do processo-crime que pode incorrer numa pena de prisão até cinco anos.

Já o gabinete de Relações Públicas da Força Aérea explica que “o militar em apreço foi alvo de processo disciplinar que culminou com a punição e cessação compulsiva de contrato”, enquanto o material “foi recuperado e constitui material de prova”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31