16 setembro, 2019
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Alandroal

Mota-Engil vai reunir com autarcas e empresários para uso de mármore das escombreiras no troço férreo Freixo-Alandroal

Publicado em Regional 12 setembro, 2019

Decorreu esta quarta-feira (11 de setembro), a cerimónia de Consignação da Empreitada do troço ferroviário Freixo/Alandroal, que integra o Corredor Internacional Sul (Sines-Caia), entre a Infraestruturas de Portugal e o consórcio vencedor, Mota-Engil.

A RC esteve presente, onde falou com Horácio Sá, presidente do Conselho de Administração do consórcio, que sublinha a importância de ser a primeira obra consignada no troço ferroviário, sobretudo por ter sido adjudicada “a uma empresa portuguesa”.

Questionado sobre a possível utilização de pedra das escombreiras da zona dos mármores na realização da obra, o dirigente não descarta a hipótese e afirma que a empresa vai “trabalhar em conjunto com o dono da obra e com as Câmaras”, recordando que na construção da A6, há cerca de 20 anos, foram utilizados em aterro “uns milhões de metros cúbicos de mármore de escombreira”.

Utilização do mármore de escombreiras “tem vindo a ser falada com os presidentes das Câmaras”
Horácio Sá

Não sendo ainda uma certeza, afirma que vão “procurar utilizar esse material”, sendo um “assunto que tem vindo a ser falado com os presidentes de Câmara”, mas ainda não foi agendado com os empresários.

Estes serão contactados quando estiverem garantidas “soluções técnicas” para incorporação do material na obra.

A obra terá início esta quinta-feira, 12 de setembro, e a empresa terá dois anos para a conclusão dos trabalhos, sendo que terminará a 11 de setembro de 2021.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30