Imprimir esta página

Mourao

Mourão apresenta em junho "candidatura para o processo de estabilização da torre do castelo", diz autarca (c/som)

Regional 28 maio 2019

A torre do castelo de Mourão encontra-se degradada e em perigo de derrocada, depois de ter sido atingida por um raio, na sequência de uma trovoada que se fez sentir no passado dia 24 de março.

A Rádio Campanário já noticiara um investimento de cerca de 70 mil euros nas intervenções urgentes de contenção da torre do castelo (veja aqui), passado algum tempo procurámos saber junto de Maria Clara Safara (Presidente da Câmara Municipal de Mourão) qual o ponto de situação.

A autarca começa por referir que “presentemente está a decorrer o processo de estabilização da torre”, uma vez que a mesma se encontrava em risco de ruir.

Maria Clara Safara refere à Campanário que esse processo “foi adjudicado a uma empresa”, após “o primeiro estudo. A edil adianta ainda que “a Direção Regional de Cultura e os técnicos do município deliberaram que a torre tinha de ser toda coberta e feita a sua estabilização”.

Segundo a eleita, “estes trabalhos estão a ser realizados neste momento”.

“Para já estamos só a tratar da estabilização do edifício”
Maria Clara Safara

A Campanário procurou saber quais os próximos passos a realizar na torre do Castelo de Mourão, ao que Maria Clara Safara refere que “em junho iremos apresentar uma candidatura para este processo”, acrescentando que numa próxima fase “será feita a candidatura para a reabilitação da torre”.