Evora

Município de Évora quer instalar escola de pilotos no aeródromo, diz Carlos Pinto de Sá (c/som)

Publicado em Regional 21 março, 2019

O Município de Évora está a estudar a possibilidade de criar uma escola de formação de pilotos no aeródromo eborense, disse à Rádio Campanário o autarca Carlos Pinto de Sá. 

Segundo o edil, o imóvel em 2013 o imóvel “dava prejuízo anual na ordem dos 200 mil euros”, e no sentido de reverter a situação a autarquia teve “que tomar um conjunto de medidas no sentido de alterar as dinâmicas do aeródromo”. 

Foram identificadas pela autarquia eborense três possibilidades: “uma tem a ver com uma escola de formação de pilotos, uma área para manutenção de aeronaves e uma terceira área para hangaragem”, como comprovam os avisos lançados no passado mês que “vão no sentido de chamar empresas e operadores que se disponibilizem a vir trabalhar para o aeródromo de Évora nestas três áreas”. 

De acordo com Carlos Pinto de Sá, depois da apresentação de candidaturas há “um processo de análise até à eventual emissão de licenças para funcionamento”, algo que “ainda vai levar algumas semanas antes de haver uma decisão final”, acrescentou. 

Questionado se as aéreas que o município espera ver instaladas no aeródromo de Évora podem envolver obra, o autarca deixa ao critério das candidaturas uma vez que o Município “está a ceder terrenos” de forma a que as empresas e operadores possam “propôr investimentos em cada uma dessas três áreas”. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30