Imprimir esta página

Evora

Município de Évora recolheu mais de 70 cavalos abandonados desde 2013

Regional 20 Dez. 2017

O município de Évora recolheu mais de 70 cavalos abandonados na via pública, depois de ter reforçado a fiscalização a cavalos abandonados na via publica, na sequência do fatal acidente que vitimou quatro pessoas no Natal de 2013.

João Rodrigues, vice-presidente da Câmara de Évora, que tem a seu cargo os serviços veterinários municipais, disse à comunicação social que desde 2014, “já recolhemos mais de 70 cavalos” abandonados em espaço público e não reclamados pelos donos.

A Câmara de Évora tem um regulamento ao abrigo do qual, se os alegados donos dos cavalos recolhidos em espaço público conseguirem provar a propriedade, podem levantar os animais.

Os mais de 70 animais recolhidos nos últimos quatro anos, “têm sido entregues para adoção” e as capturas têm continuado, indicou o vereador, acrescentando que “ainda há dias”, os serviços municipais “foram apanhar mais um cavalo, que se encontrava abandonado na via pública” e enquanto continuar a haver cavalos abandonados na via pública, “vamos continuar com este plano”, frisou.

Recorde-se que o acidente vitimou em 2013 um homem e uma mulher, de 52 e 46 anos, uma criança de 5 anos, todos ocupantes do veículo que embateu no cavalo, assim como de uma idosa de 83 anos, que viajava no outro automóvel.

O inquérito foi arquivado pelo Ministério Público (MP) dois anos depois do acidente, por não ter conseguido identificar o proprietário do cavalo.