Marvao

Município de Marvão investe 800 mil euros na requalificação da fronteira de Galegos

Regional 01 Fev. 2018

O Município de Marvão vai proceder à requalificação e adaptação da antiga estação transfronteiriça de Galegos em centro de atendimento turístico, assim como à requalificação do desativado restaurante localizado na fronteira de Galegos, para concessão a privados.

A obras arrancarão durante o mês de fevereiro, num investimento previsto de cerca de 800 mil euros.

Segundo informações da Câmara Municipal de Marvão, inicialmente as intervenções passam pela reabilitação do edifício da antiga estação fronteiriça, para funcionar como balcão de atendimento turístico relacionado com a oferta do Parque Natural do Tejo internacional, sendo ainda intenção do município intervir nos arruamentos e proceder à recuperação de um bloco para funcionar como infraestrutura de acolhimento a vítimas de violência doméstica e reabilitação.

Em 2015, o município adquiriu o bairro residencial e os imóveis da antiga estação na fronteira de Galegos, onde funcionaram os serviços alfandegários e o posto da guarda-fiscal, por cerca de 600 mil euros.

Desde a abolição das fronteiras, que entrou em vigor a 1 de janeiro de 1993, os serviços que funcionavam na fronteira de Galegos foram desativados e todo o património ficou ao abandono.

É ainda de salientar que o aldeamento da fronteira dos Galegos de localiza a 15kms de Marvão (cujo Posto de Turismo recebeu em 2017, mais de 39 mil visitantes), e a distância semelhante de Valência de Alcântara (Espanha).

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29