Monforte

Município de Monforte projeta conversão de igreja em museu para valorizar azulejos seculares

Publicado em Regional 06 fevereiro, 2019

O Município de Monforte vai proceder à requalificação da antiga Igreja do Espírito Santo e conversão em museu para valorizar um conjunto de azulejos recuperados na igreja do antigo convento do Bom Jesus (Monforte).

O imóvel que é propriedade da autarquia, irá acondicionar os 16 painéis figurativos, cuja disposição deverá respeitar a ordem e sequência original, estimando-se até ao momento um total de 16.000 azulejos, segundo informações da autarquia.

O espólio de painéis de azulejos da oficina lisboeta de Valentim de Almeida que data de 1745, foi salvo da igreja do antigo convento do Bom Jesus, em Monforte, demolida na década de 40 do século XX. Este constituí o mais extenso e notável acervo iconográfico sobre a vida e milagres da Rainha Santa Isabel existente no mundo, sendo que 13 dos 16 painéis abordam a temática isabelina, sendo também abordados os milagres de S. Francisco.

Desde a demolição da igreja do Convento do Bom Jesus que o espólio se encontrava à guarda da Santa Casa da Misericórdia de Monforte. Visando a sua valorização, em 2006 o Município assinou um Protocolo de Colaboração entre a Santa Casa da Misericórdia, ao abrigo do qual a transferência dos materiais seria feita para instalações da autarquia, de modo a que se procedesse aos trabalhos de montagem de painéis, registo e reacondicionamento dos azulejos.

Em janeiro de 2012, e porque se considerou estarem finalmente reunidas as condições necessárias quanto ao espaço e segurança, foi iniciado, então, o projeto de valorização dos azulejos.

O projeto integra duas componentes: a Reabilitação do Edificado da Antiga Igreja do Espírito Santo e o Programa do Centro Monforte Sacro, um Centro Temático sobre a Rainha Santa Isabel, a partir da remontagem do revestimento azulejar da antiga igreja do Convento do Bom Jesus de Monforte.

A apresentação 3D do projeto foi feita na última reunião realizada com técnicos dos organismos parceiros, no âmbito do processo de candidatura ao “Programa Valorizar - Linha de Apoio à Valorização do Interior” do Projeto Monforte Sacro, que se enquadra no âmbito da Estratégia de Desenvolvimento Urbano (EDU) integrada em Área de Reabilitação Urbana (ARU). O projeto Monforte Sacro é um exemplo de uma operação integrada para a reabilitação de edificado associado a um programa de revitalização de património material e imaterial.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30