Guadiana

Nas margens do Rio Guadiana, avolumam-se os peixes mortos devido à seca.

Regional 12 Out. 2019

O cenário é desolador nas margens do rio Guadiana, na ponte que liga Elvas a Olivença, no limite da albufeira de Alqueva, onde peixes mortos se vão avolumando, mortos devido à seca.

Resultado de um caudal à míngua de água e de elevadas temperaturas, que propiciam ainda condições ao desenvolvimento de cianobactérias que estão a parasitar carpas, barbos e achigãs,

O dirigente da Quercus no Alentejo avançou ao DN que conhece o cenário que está a afetar os peixes do grande rio do Sul, associando a morte da fauna "à situação muito grave" provocada pela falta de água. "A maior parte das nascentes estão secas. Não há escorrências de ribeiras nem de ribeiros e isso prejudica a biodiversidade", refere, acrescentando que "havendo menos água, há menos oxigénio disponível para a mesma quantidade de organismos. E os peixes deixam de ter condições para respirar, acabando por morrer",

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30