Nisa

Nisa afetada por algas invasoras do Rio Tejo provenientes de Espanha

Nisa afetada por algas invasoras do Rio Tejo provenientes de Espanha Foto ilustrativa
Regional 10 Out. 2021

O rio Tejo, na zona da fronteira entre Portugal e Espanha, tem registado o rápido crescimento de uma mancha verde, resultante da multiplicação de algas microscópicas. Segundo avança o CM, a mancha está localizada na albufeira da barragem de Cedillo, sendo que zona atingida compreende as margens do rio nos concelhos de Vila Velha de Ródão, Castelo Branco e Nisa.

Este acontecimento “deve-se à concentração elevada de nutrientes na albufeira, nomeadamente fósforo, condições de temperatura e luminosidade elevada, que agora se observam, bem como à menor dinâmica de caudais, que desde agosto se têm verificado”, refere  a Agência Portuguesa do Ambiente, destacando que há uma “diminuição da qualidade da água”.

“A poluição em Espanha resulta de escorrências para o Tejo de fertilizantes usados na agricultura e também das águas residuais”, refere o presidente da associação ambientalista Zero, Francisco Ferreira. Segundo o CM, o "movimento ambientalista proTEJO considera que o esvaziamento de duas barragens espanholas agravou este problema, sendo que o movimento  vai apresentar queixa à Comissão Europeia contra Portugal e Espanha por “má gestão” do rio Tejo. 

Fonte:CM
 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30