Evora

Obras na Igreja da Misericórdia de Évora puseram a descoberto frescos com 400 anos “da igreja original”, diz Arcebispo de Évora (c/som)

Publicado em Regional 19 fevereiro, 2019

No decorrer das obras de requalificação da Igreja da Misericórdia de Évora, que reabriu ao culto no passado sábado (16 de fevereiro), pinturas murais com mais de 400 anos foram descobertas atrás das telas.

“Ao tirar-se as telas (para restauro) descobriu-se que estavam frescos por trás”, diz a esta estação emissora D. Francisco Senra Coelho, Arcebispo de Évora.

Estas “pinturas muito interessantes do século XVI”, representam “obras de misericórdia corporais”.

“Este património mostra que esta igreja desde o princípio tem consciência da sua missão – pôr em prática as obras de misericórdia”
D. Francisco Senra Coelho

Os frescos até então desconhecidos, demonstram que “desde o primeiro momento” que obras de misericórdia como “dar de comer a quem tem fome, dar de beber a quem tem sede, vestir os nus e visitar os presos”, “estão nas entranhas desta igreja”.

Tendo voltado a ficar tapados por estas, após a conclusão das obras, os visitantes irão encontrar uma nota museológica, com informação descritiva e fotográfica, para que não voltem a cair no esquecimento.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31