Odemira

Odemira- Juiz negacionista arrisca processo disciplinar por insultos a Costa e Ferro Rodrigues

Regional 30 Jul. 2021

O juiz Rui Fonseca e Castro, suspenso preventivamente há quatro meses pelo Conselho Superior da Magistratura (CSM) pelas suas posições negacionistas no âmbito da pandemia de covid 19, arrisca agora um novo processo disciplinar.

Este novo processo surge na sequência de alegados  insultos proferidos on-line a António Costa e ao  presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

De acordo com a notícia avançada pelo Jornal de Notícias, na internet começaram a circular dois vídeos,um dos quais foi entretanto  removido pelo YouTube por violar a política de assédio e de "bullying" daquela plataforma.

Num destes vídeos, em reação ao anúncio do Governo de que iria rever a lei que regula o exercício do direito de manifestação, o juiz  refere-se a António Costa como "o maior protetor de pedófilos do país" e ao ministro da Administração Interna como o "maior verme do país".

No segundo vídeo, entretanto removido pelo YouTube e noticiado esta quinta-feira pela"Visão", o magistrado apelida, segundo aquela revista, Ferro Rodrigues de "pedófilo", chegando a defender que este "deveria tirar a sua própria vida".

O Conselho Superior de Magistratura  admitiu entretanto ao JN  que "os novos factos com relevância disciplinar podem dar origem a um novo processo disciplinar", ou, em alternativa, "ampliarem o objeto do processo já existente, dependendo da fase em que se encontra o primeiro processo disciplinar".

Recorde-se que o Juiz Rui Fonseca e Castro, atualmente colocado no Tribunal de Odemira, se encontra suspenso preventivamente até setembro de 2021.

Ana Rocha

Fonte: Jornal de Notícias

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30