Imprimir esta página

Reguengos de Monsaraz

Ordem dos enfermeiros denuncia falta de profissionais no lar de Reguengos de Monsaraz

Regional 12 Jul. 2020

A Ordem dos Enfermeiros denuncia, conforme noticia avançada pela Sic Noticias,  a falta de profissionais no lar onde surgiu o surto de Covid-19 no concelho de Reguengos de Monsaraz, e apela às autoridades para abrirem uma investigação.

A Ordem destes rpofissionais questiona o número de profissionais existente no Lar , uma b vez que a Lei diz que, por cada 40 utentes deve existir um enfermeiro em permanência. Quando se trata de pessoas com necssidades especiais, a Lei obriga a um enfermeiro por cada 20 utentes.

Em entrevista à mesma fonte, José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz  nega a falta de profissionais existentes nesta instituição. Refere que " as duas enfermeiras que estavam de serviço até ao surto, uma deles testou positivo pelo que teve que ir para casa e a outra ficou de quarentena no entanto já estão três contratações efetuadas."

O Surto que teve origem no lar da Fundação Maria Inácia Perdigão Silva  já provocou a morte a 14 utentes da instituição.