05 Jul. 2022
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00

Ourique - Está um curso Projeto “inovador” que apoia idosos e cuidadores!

Regional Escrito por  26 maio 2022

Uma associação do concelho de Ourique, no distrito de Beja, está a dinamizar um projeto “experimental e inovador” de apoio a idosos e cuidadores neste município alentejano, num investimento total de quase 250 mil euros.

O projeto “CON(SIGO)” é promovido pela Associação Nossa Terra, de Aldeia de Palheiros, e pretende dar resposta às “necessidades de cada idoso e do seu cuidador”, explicou hoje à agência Lusa a presidente da instituição, Marta Afonso.

De acordo com esta responsável, a iniciativa abrange um total de 88 pessoas, com 65 ou mais anos e residentes no concelho”, tendo por objetivo “aumentar a autonomia dos seniores”, “melhorar a sua qualidade de vida” e “gerar maior inclusão social”.

“Assim estamos a contribuir para a redução da institucionalização precoce em lares”, acrescentou.

O projeto é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu (FSE), através do programa operacional regional Alentejo 2020, e assenta na implementação de “serviços de apoio e acompanhamento em contexto habitacional” por uma equipa técnica multidisciplinar composta por sete profissionais de várias áreas.

Segundo explicou Marta Afonso, desta forma será possível manter os beneficiários “mais tempo nas suas casas” e, consequentemente, contribuir para “o retardamento da desertificação humana” nas aldeias do concelho.

Nesse âmbito, o projeto da Associação Nossa Terra possibilita aos idosos “o acesso a serviços de apoio de proximidade e gratuitos em contexto domiciliário”, assim como “apoiar e auxiliar os cuidadores informais” destes.

Entre os serviços prestados surgem a “monitorização e acompanhamento, 24 horas por dia e 365 dias por ano” por teleassistência, o apoio em atividades diárias como ir às compras ou a consultas médicas, ou a “substituição e apoio aos cuidadores dos seniores”.

Marta Afonso acrescentou que o “CON(SIGO)” pretende igualmente proporcionar aos idosos “a experimentação e o acesso a diferentes atividades de ocupação” em áreas como “a saúde, a animação, o acompanhamento e o apoio na realização de tarefas”, além de “fomentar a adoção de novas práticas e a inovação nas formas de abordagem nas respostas sociais aos idosos”.

Para tal, são disponibilizados serviços ao domicílio ou em grupo em áreas como a psicologia clínica, fisioterapia, enfermagem e nutrição, atividades de animação, lazer e desporto ou serviços de autocuidado.

C/ Lusa

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31