×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Evora

PCP emite comunicado sobre apelos à população de Bencatel para não boicotar as eleições no domingo

Regional 22 Jan. 2021
O Gabinete de Imprensa da Direcção da Organização Regional de Évora do PCP, em nota enviada à redação da Rádio Campanário, veio pronunciar-se sobre os apelos que nas últimas horas têm sido dirigidos às populações de Bencatel e dameis do concelho de Vila Viçosa, para o boicate às urnas no próximo dia 24 de janeiro.
Leia aqui a nota na íntegra:
" Boicote não é solução para a luta que é necessária travar!
Perante apelos que têm surgido nas últimas horas dirigidos às populações de Bencatel e demais concelho de Vila Viçosa para o boicote às urnas no próximo dia 24, o PCP alerta para o seguinte:
O descontentamento das populações afectadas pelo corte da EN254 é justo e legitimo perante a situação com que estão confrontados a partir do dia 22 de Janeiro, com a decisão do corte definitivo de uma estrada sem encontrar uma alternativa adequada, deixando as populações isoladas e entregues a si próprias;
- Como afirmámos junto do Governo, através do requerimento recentemente feito pelo PCP, as populações têm direito a ser protegidas e essa protecção implica as medidas que forem necessárias para evitar a circulação rodoviária em estradas que estejam em risco mas implica também encontrar alternativas de circulação para que as populações possam deslocar-se para o trabalho ou aceder ao cento de saúde, às escolas ou outros serviços públicos;
- É necessário, pois, continuar a lutar para que sejam atendidas as preocupações destas populações e que seja assegurada uma verdadeira alternativa que responda às necessidades evidentes de mobilidade e acessibilidade;
- É necessário prosseguir essa luta e essa exigência, sendo indispensável uma luta consequente e dirigida para aqueles que com a responsabilidade própria, como o Governo, encontrem essas soluções no tempo e na forma adequados, não arrastando soluções ou descartando responsabilidades;
Neste sentido o PCP não pode deixar de apelar à população de Bencatel e do concelho de Vila Viçosa que faça ouvir o seu protesto, com a continuação da luta por essa exigência e transformando o descontentamento em voto.
O PCP considera que práticas como boicotes a um direito democrático que tanto custou a conquistar e que tantos tentam atacar, não só não responde às legítimas preocupações que o motivam, como fragilizam os objectivos que transportam.
Para o PCP o que está em causa no próximo dia 24 é em decidir se se dá força a quem defende a Constituição da República Portuguesa, ou seja, impedindo que situações como esta se verifiquem e que se valorizem os direitos das populações ou dar força a quem permite o prosseguimento destas situações.
Por isso dizemos que é necessário ir votar, votar em João Ferreira. O voto em João Ferreira nunca será um voto nem perdido nem traído! São votos que não se perdem em nenhuma circunstância, mas que se traduzirão sempre em alavancas para o desenvolvimento da luta futura por um Portugal mais justo e solidário.
Abstenção não é solução e a melhor forma de defender direitos é exercendo-os.
22/01/2021
O Gabinete de Imprensa da Direcção Regional de Évora do PCP ”


 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Março 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31