08 Jun. 2023
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Alentejo

Pérolas alentejanas: descubra-as entre Évora e Estremoz

Regional Escrito por  Alexandre Lambuzana 31 Mar. 2023

Entre tradição e mesas épicas, de Évora a Estremoz, há um Alentejo que convida à descoberta.

A Revista Sábado, à chegada a Évora, aconselha um desvio ao Alto de São Bento para uma vista panorâmica. Descendo, ao centro histórico, o ponto de paragem é a Capela dos Ossos e daí, claro, ao templo romano, um marco patrimonial. Ao redor não faltam outras atrações como a Sé Catedral ou o Jardim dos Colegiais.

Não muito longe, o Botequim da Mouraria tem aos comandos Domingos Canelas e, nas operações da cozinha, a esposa, Florbela. Um clássico com preço médio de €25. Em alternativa, o Cavalariça debruça-se sobre cozinha mais moderna: inspire-se na Páscoa e partilhe aí o borrego e molho verde de cebola nova (€32).

De seguida, nada melhor que conhecer um pouco mais a envolvência. Pode proceder com uma visita à Casa do Montado (€8), que explica a herança etnográfica e gastronómica do Alentejo, e pode ainda visitar o Museu Frei Manuel do Cenáculo (€3), com um acervo de mais de 20 mil itens. O lanche é na Do Largo, mercearia, brunch e comida local num só sítio.

O caminho, agora, é até ao restaurante 1/4 pras 9, clássico gastronómico eborense cujo nome é inspirado num relógio que teimava em apresentar sempre a mesma hora. Açorda alentejana, carne de porco à alentejana, a sargalheta de toucinho à moda de Évora, sopa de cação ou sericaia não faltam (€25/pessoa).

A missão copo depois do jantar começa agora e na cidade há muito por onde escolher. No Culpa Tua, a especialidade são os gins. Se faltar banda sonora, A Mandrágora é o sítio certo, com noites que vão do jazz ao hip-hop. E fado? Também há, n’O Bota Alta. Pernoite depois n’O Conventinho (Herdade da Mitra; €70 p/ dois).

Siga agora em direção a Estremoz pela N18 e encoste em Evoramonte. Bucha rápida n’O Emigrante, visita ao castelo e baloiço, e estrada fora novamente até avistar o castelo e as vinhas no sopé. Sendo sábado, há Feira de Velharias e Mercado Tradicional. A missão é só uma, ensacar produtos regionais e outros achados a bom preço.

Perca-se à vontade por entre as muralhas, conheça a cidade branca vista de cima e não falhe a Igreja Matriz ou o Museu Prof. Joaquim Vermelho. Descubra ainda o Museu Berardo de Estremoz, no Lg. Dragões de Olivença e toda a envolvência. Siga para o almoço no Venda Azul ou na Mercearia do Gadanha (€20/€35).

 

Fonte: Revista Sábado

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30