Polícia Judiciária passa a pente fino mandatos de Nuno Mocinha na Câmara de Elvas

Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa
Regional Escrito por  14 Ago. 2022

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar "possíveis casos de peculato, corrupção e favorecimento indevidos", entre os anos de 2014 e 2021, na Câmara Municipal de Elvas, confirmou à Rádio Campanário fonte próxima do município.

De acordo com a mesma fonte, este período temporal diz respeito aos mandatos liderados por Nuno Mocinha, e as diligências estão a ser desenvolvidas na sequência de denúncias anónimas remetidas ao Ministério Público e à própria Judiciária.

As investigações decorrem em diversos serviços do município de Elvas há cerca de três semanas e recaem, entre outras matérias sobre a entrada de mais de 100 trabalhadores para os quadros da Câmara e a disponibilização e utilização de viaturas pessoais pelos então vereadores, confirmou fonte da autarquia elvense.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31