Portalegre

Portalegre no arranque de projeto piloto de avaliação de queimadas

Publicado em Regional 15 maio, 2018

Ao longo desta semana, terá início em Portalegre um projeto piloto que visa o desenvolvimento de um sistema de avaliação de queimas de amontoados de combustível florestal e autorização de queimadas.

Juntamente com Portalegre, os primeiros municípios a integrar o projeto são Monchique, Mafra, Valongo, Arouca, Fornos de Algodres, Figueira de Castelo Rodrigo, Caminha e Oleiros, seguindo-se a integração dos restantes prioritários até final de julho, e dos restantes concelhos até outubro.

O projeto do sistema de avaliação de queimas e autorização de queimadas irá proceder à verificação de condições, no seguimento de pedidos de queimas, para a realização destas, assim como criar alertas em zonas com muitos incêndios rurais e desenvolver ações de sensibilização, fiscalização e vigilância.

A medida contempla também a criação de um número de apoio, onde os interessados poderão obter informações, nomeadamente sobre condições meteorológicas favoráveis ou adversas à realização de queimas ou queimadas, e de formas de reduzir os combustíveis.

O desenvolvimento do sistema de avaliação ficará a cargo do INCF, GNR e autarquias locais.

Envolvendo a articulação com entidades públicas e privadas para a realização de ações e iniciativas, o programa baseia-se em princípios como a monitorização de padrões anormais de incêndios rurais, a definição de objetivos e indicadores de nível local e estabelecimento de procedimentos específicos para as diferentes causas de fogos.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31