Sines

Porto de Sines atinge recorde de carga movimentada e faz disparar quota nacional

Publicado em Regional 29 novembro, 2018

De acordo com os dados revelados pelo relatório da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), referentes ao período entre janeiro e setembro, o porto de Sines manteve a liderança do segmento da carga contentorizada, detendo atualmente uma quota de 58,2%, uma percentagem recorde.

Assim, o porto alentejano reforça “a sua posição neste segmento e assumindo-se como a mais elevada de sempre, superior em +1 pontos percentuais à máxima homóloga, registada em 2017», refere o documento. Na posição seguinte encontra-se Leixões, com 21,4%, que reflete um aumento homólogo de +0,8 pontos percentuais.

No referido período foram processados 1,4 milhões de unidades e 2,25 milhões de TEU (medida-padrão utilizada para calcular o volume de um contentor), valores que indicam «uma recuperação» no movimento global de contentores.

Assim, o segmento vem gradualmente fugindo da “evolução negativa” registada no arranque do ano, com Sines e Leixões a encabeçarem essa remontada, com variações de 1,1% (em unidades) e de -1,8% (em TEU) comparadas aos valores homólogos de 2017. A evolução do número de unidades deve-se “às variações positivas de Leixões e de Sines, com Sines a registar o valor mais elevado de sempre, ao ultrapassar em +1,5% o anterior máximo observado em 2017”, diz a AMT. Já a evolução medida em volume de TEU “assenta no desempenho de Leixões, que regista crescimento homólogo de +1,8%”, com Sines a apresentar ainda uma ténue variação negativa de 0,1%.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30