Presidente da Câmara Municipal de Elvas pronuncia-se sobre pedido de demissão de Pedro Barrena (c/som)

Regional 03 Out. 2014

Tal como a Rádio Campanário oportunamente noticiou, o presidente da Assembleia Municipal de Elvas, Pedro Barrena, pediu a demissão do cargo na passada segunda-feira, dia 29 de setembro, depois de votada a destituição da presidência da Mesa da Assembleia Municipal de Elvas, apesar da votação realizada ter sido favorável à sua manutenção.

A Rádio Campanário instou o presidente da Câmara Municipal de Elvas Nuno Mocinha a comentar a tomada de posição de Pedro Barrena.

Nuno Mocinha diz que “a Assembleia Municipal é um órgão autónomo da Câmara Municipal e tal como a Assembleia Municipal não pode interferir na esfera das competências da Câmara Municipal, o presidente da Câmara Municipal também não deve nem quer interferir em qualquer assunto da Assembleia Municipal”.

Quando questionado sobre qual o nome que preferia ver a desempenhar tais funções, Nuno Mocinha preferiu não se pronunciar.

{play}http://radiocampanario.com/sons/Nuno%20Mocinha%20Pedro%20barrena_3out14.MP3{/play}

Na próxima sessão ordinária, agendada para a segunda quinzena do mês de dezembro, será realizada a eleição do novo presidente desta Assembleia Municipal, visto que o ponto relativo à nova eleição foi retirado da ordem de trabalhos e o pedido formal de demissão por parte de Pedro Barrena ainda não foi apresentado.

 Entretanto, assume o cargo Francisco Espiguinha eleito pelo Partido Socialista (PS).

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30