Evora

Presidente do Sindicato e Enfermeiro do Hospital de Évora inicia greve de fome

Regional 20 Fev. 2019

O presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) e enfermeiro no hospital de Évora, Carlos Ramalho promete iniciar esta quarta-feira uma greve de fome. 

O anúncio desta medida foi feito ontem à noite na sede de Évora da UGT, onde Carlos Ramalho prometeu “ficar a aguardar o tempo que for necessário, dia e noite, até que se reiniciem as negociações”. 

Mais, o sindicalista considerou a greve “legalíssima”, motivo pelo qual diz que se irá manter a greve cirúrgica e “levá-la até às últimas consequências”. 

A forma encontrada pelo sindicalista para se protestar surge na sequência da tomada de posição da Procuradoria-Geral da República que considera ilícita a greve dos enfermeiros nos blocos operatórios.  

Carlos Ramalho vai iniciar a greve de fome, às 12:00, junto ao Palácio de Belém, em Lisboa, residência oficial do Presidente da República.  

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31