Evora

Projeto do Lar da Vendinha foi “um desafio muito grande”, mas é hoje uma infraestrutura ao serviço de todo o país, diz presidente da UNITATE (c/som e fotos)

Publicado em Regional 07 março, 2019

Na manhã desta quinta-feira (7 de março), decorreu a bênção da Unidade de Ação Social da Vendinha (União Freguesias de São Manços e São Vicente do Pigeiro, Évora) da UNITATE, numa cerimónia presidida pelo Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho.

A Rádio Campanário recolheu as declarações de Tiago Abalroado, Presidente da Direção da UNITATE, que referiu se referiu a esta cerimónia como um “momento de muito orgulho e que representa um marco importante para este lar de idosos”.

O Presidente da UNITATE referiu que “na prática é o coroar de um processo que foi longo, com muitos obstáculos que conseguimos superar, e hoje estamos aqui para receber o Senhor Arcebispo”.

A Campanário procurou saber quais foram as maiores dificuldades encontradas durante o processo, ao que Tiago Abalroado disse que” foram diversos, desde a fase do projeto, a requalificação, o envolvimento de todas as equipas, todos os trabalhos que realizamos com os utentes cá dentro”, destacando ainda que “fizemos tudo sem parar um único dia a nossa atividade”. O presidente da UNITATE considera que “a prova foi superada, pois conseguimos aqui chegar com tudo pronto, a funcionar a 100%, com uma estrutura muito bonita”.

 “Apesar da sua pequena dimensão é uma unidade muito grande em qualidade”
Tiago Abalroado

Tiago Abalroado explicou aos microfones da Campanário que anteriormente “existiam aqui unicamente duas respostas para 20 pessoas, sendo 10 pessoas em centro de dia e 10 pessoas em apoio domiciliário”, com esta unidade a UNITATE “triplicou a resposta social”.

Como projetos futuros, Tiago Abalroado disse à Campanário que a UNITATE “tem projetado o apoio domiciliário a pessoas portadoras de deficiência, para além da estrutura residencial para pessoas idosas com capacidade para 10 utentes. Essa estrutura permite que 10 pessoas residam aqui em permanência”.

Quando questionado pela RC sobre o investimento aplicado na Unidade Residencial da Vendinha, Tiago Abalroado refere que “estamos a falar na casa dos 175mil €. Contámos com os apoios do Alentejo 2020 (cerca de 57 mil €)”.

O Presidente da UNITATE diz que esta unidade pretende “apoiar diferentes populações em redor da Vendinha, de todo o distrito e de todo o Alentejo”.

A Campanário procurou saber como se encontra a lotação da Unidade da Vendinha, tendo Tiago Abalroado dito que “temos 2 vagas em lar de idosos, são vagas que ainda não são comparticipadas pela segurança social para já”. O presidente refere que “brevemente 8 das 10 vagas irão ter comparticipação da segurança social, para já os idosos estão a pagar a totalidade dos custos”.

Quanto aos valores praticados, Tiago Abalroado diz que “é um valor de referência que foi consensualizado entre a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) e o estado português, o valor que está é de 1025€, no entanto desde que entre a comparticipação da segurança social esse valor abate na mensalidade”.

Em declarações a esta estação emissora, D. Francisco Senra Coelho, Arcebispo de Évora, afirma que “a grande bênção é a atitude de acolhimento e de serviço com humanização que esta instituição quer prestar aos seus utentes”, numa freguesia que “merece e precisa”.

O Arcebispo de Évora aponta a importância da criação destas estruturas em território do interior, marcados pela desertificação e envelhecimento da população, conferindo um serviço “precioso” de “complementaridade às famílias” no apoio aos idosos.

“Que esta casa seja uma grande bênção para a Vendinha”

D. Francisco Senra Coelho

Destaca ainda o facto de permitir a estes idosos que, numa altura em que experimentam “as limitações e dependências” trazidas pela idade, não tenham ainda que “deixar a própria terra, os amigos, a relação de afeto com um lugar que marcou uma vida”.

D. Francisco Senra Coelha saúda todas as partes envolvidas na concretização da infraestrutura, afirmando que a sua presença “vem no sentido de agradecer”, encarnando os pobres e os sem voz.

Esta infraestrutura da UNITATE, representou um investimento de cerca de 175 mil euros, com cerca de 57 mil euros de apoio do Alentejo 2020, e entrou em funcionamento a 4 de fevereiro com centro de dia, apoio domiciliário e lar.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30