Alentejo

Projeto transfronteiriço apoia design de produto para exportação

Regional 23 Ago. 2019

O projeto REiNOVA está a trabalhar em 36 produtos no Alentejo, no Centro, e nas regiões espanholas de Castela e Leão e da Extremadura, visando ajudar a inovar o design de produtos agroalimentares, tendo como parceiro alentejano a ADRAL (Agência de Desenvolvimento da Região Alentejo).

REiNOVA está a ajudar empresários a projetarem os seus produtos em mercados nacionais e internacionais, sendo que na região Alentejo são apoiados 4 produtos.

Num investimento global de 1.393.404,77 euros, a iniciativa é cofinanciada a 75% pelo Programa de Cooperação INTERREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020 – incentivo de 1.045.053,58 euros – e em 25% pelos parceiros.

O principal objetivo é promover a inovação nas micro e pequenas e médias empresas (PME) agroalimentares em mercados externos através da cooperação entre 11 parceiros portugueses e espanhóis, como instituições de ensino superior e associações empresariais, industriais ou comerciais, entre outros. O projeto iniciou a sua atividade em 2016.

O REiNOVA é liderado pelo IDDNET — Technology Network, de Leiria, envolvendo outros cinco parceiros portugueses: ADRAL (Évora), OPEN — Associação para Oportunidades Específicas de Negócio (Marinha Grande), institutos politécnicos de Leiria e de Castelo Branco e InovCluster — Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (Castelo Branco). Do lado espanhol, há três de Valladolid (Vitartis – Asociación de la Industria Alimentaria de Castilla y León, Instituto Tecnológico Agrario de Castilla y León e Cámara Oficial de Comercio, Industria y Servicios) e dois de Badajoz (Cámara Oficial de Comercio, Industria y Servicios e CTAEX – Asociación Empresarial Centro Tecnológico Nacional Agroalimentario “Extremadura”).

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29