Evora

Queimado de São Manços leva INEM de Évora ao primeiro helitransporte ibérico

Regional 17 maio 2017

A vítima da explosão em habitação ocorrida no passado dia 16 de maio, em São Manços, foi transportada em estado grave para o Hospital Espírito Santo, em Évora.

A vítima de nacionalidade espanhola, inserida na categoria de grande queimado, foi posteriormente transportada para o Hospital Virgen del Rocio, em Sevilha, por não dispor de vaga nas unidades nacionais de queimados.

Este transporte foi realizado pelo INEM, traduzindo-se no primeiro helitransporte ibérico, na história do serviço do INEM.

A operar em todo o território nacional, existem cinco helicópteros, em Évora, Lisboa, Loulé, Macedo de Cavaleiros e Santa Comba Dão, utilizados no transporte de doentes graves entre o local da ocorrência e a unidade de saúde, e entre unidades de saúde.

As unidades de queimados nacionais, não dispunham de vagas para receber o utente, forçando à sua transferência para a unidade espanhola. Recorde-se que o sistema nacional de saúde português, dispõe de cinco unidades de queimados, com um total de 30 camas, em 3 ARS (Administração Regional de Saúde - Norte, Centro, Lisboa e vale de Tejo).

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31