Evora

Recusado recurso a suspeito de roubos de gado em Évora

Regional 09 Mar. 2017

O pedido de recurso do cidadão de etnia cigana, suspeito no processo de roubos de gado em Évora, foi indeferido.

O suspeito encontra-se em prisão preventiva desde Outubro de 2016 e pretendia a obtenção de uma medida de coação mais leve, com base em provas insuficientes e alegando a medida de coação aplicada como desnecessária, inadequada e excessiva.

O arguido sugeriu ao tribunal duas medidas de coação alternativas: prisão domiciliária com pulseira eletrónica ou apresentações diárias ao posto da GNR local, acompanhado pela proibição de sair do concelho do Barreiro, alegando que a privação da liberdade a alguém deve ter bases mais fortes.

Nenhuma das opções propostas foi considerada pelo Tribunal da Relação de Évora como adequada ao suspeito de cinco crimes de furto qualificado, mantendo a medida de coação de Prisão Preventiva.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30