15 Ago. 2022
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Evora

Refugiados da Ucrânia, recebidos em Évora, começam agora a regressar ao seu país (c/som)

Regional Escrito por  06 Jul. 2022

A Santa Casa da Misericórdia de Évora foi das primeiras instituições a criar um programa de acolhimento para os refugiados da guerra da Ucrânia. Neste âmbito, questionámos o Provedor da referida instituição, Francisco Lopes Figueira, sobre o ponto atual da situação dos refugiados que esta instituição recebeu, ao que nos foi dito que lhes foi dado todo o apoio, mas não obstante isso, estes sempre pretenderam voltar à Ucrânia.

Como afirma o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Évora, o objetivo dos refugiados acolhidos era ganhar algum tempo em relação à resolução da guerra, para poderem voltar ao seu país de origem logo que possível, tendo acrescentado que, entretanto, "a maior parte deles já regressou à Ucrânia", mesmo sem a conclusão da guerra.

Cinco crianças ucranianas foram, inclusivamente, integradas em creche para que os pais pudessem trabalhar, permanecendo em Portugal, neste momento, apenas duas, já que as restantes já retornaram à Ucrânia. Os pais destas crianças manifestaram, aliás, desde o primeiro momento, "toda a vontade de regressar ao seu país e é isso exatamente o que se tem vindo a verificar", como reforça Francisco Lopes Figueira, razão pela qual os refugiados ucranianos, em Évora, são agora menos.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31