Reguengos de Monsaraz

Reguengos de Monsaraz e Redondo nos órgãos sociais da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas

Publicado em Regional 15 maio, 2018

Na Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas, realizada no passado dia 17 de abril, em Mafra, o Município de Reguengos de Monsaraz foi eleito para o cargo de Secretário da Direção e o de Redondo para Vice-Presidente da Mesa da Assembleia Geral. Já o município de Viana do Alentejo vai presidir ao Conselho Fiscal.

A presidência da associação, para os próximos dois anos, será é da autarquia de Mafra, tendo sido igualmente eleitos os municípios das Caldas da Rainha, para Vice-presidente, o de Barcelos, para Tesoureiro, e de Tondela, como Vogal. Já a mesa da Assembleia Geral é presidida pela autarquia de Aveiro e composta ainda pelo município de Vila Nova de Poiares, no lugar de Secretário.

No Conselho Fiscal foram eleitos também os municípios de Alcobaça e Ílhavo, enquanto Vice-presidente e Vogal, respetivamente. O Conselho Consultivo é formado pelas autarquias de Batalha, Montemor-o-Novo e Viana do Castelo.

Foi ainda indigitado para Diretor Executivo da associação o especialista José Luiz de Almeida Silva, que esteve ligado à anterior iniciativa em Portugal das rotas de cerâmica, tendo já sido escolhido no ano passado enquanto Embaixador Cultural da Cerâmica da Academia Internacional de Cerâmica, uma estrutura associada da UNESCO sediada em Genebra, na Suíça.  

A Associação Portuguesa de Cidades e Vilas Cerâmicas é constituída pelos municípios de Alcobaça, Aveiro, Barcelos, Batalha, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Montemor-o-Novo, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Tondela, Viana do Alentejo, Viana do Castelo e Vila Nova de Poiares, concelhos que têm os principais centros cerâmicos do país e que totalizam mais de 600 mil habitantes.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31