08 Abr. 2020
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Evora

Projeto da nova sede da UDIPSS irá comportar residência para estudantes em Évora, "uma necessidade grande do território", diz pres. UDIPSS (c/som)

Regional 22 Jan. 2020

Decorreu esta quarta feira, 22 de janeiro, o IV Encontro das IPSS do Alentejo, no auditório da DGEST, em Évora.

A edição de 2020 deste evento assumiu especial significado para a união eborense, uma vez que nela decorreu a apresentação pública do projeto “UDIPSS-Évora | Residence & Services”, um novo edifício que nascerá no coração da capital alentejana e que integrará, além dos serviços UDIPSS-Évora, uma residência para estudantes universitários, um auditório, salas multiusos, um café-concerto e espaços destinados a atividades de promoção do setor social e solidário e a ações de intercâmbio entre a Academia e as IPSS.

No momento de apresentação deste novo conceito de espaço foram ainda lançados duas campanhas de crowdfunding que possibilitarão a captação de receitas para suprir as necessidades de financiamento da obra que se espera que inicie ainda no decurso de 2020.

Aos microfones da Rádio Campanário, presente no encontro, Tiago Abalroado, Presidente da UDIPSS-Évora, afirma que “neste momento nós já celebrámos o contrato-promessa de compra e venda que permitirá a aquisição do terreno com 900 metros quadrados, possibilitando assim uma área de construção de 800 metros quadrados divididos em dois pisos”.

O Presidente refere que “iremos instalar a sede da União Distrital, autonomizando a sede de qualquer instituição”.

Tiago Abalroado explica que  “como não temos grande possibilidade de aumento de associadas, que é quem nos garante o nosso financiamento, tivemos de arranjar maneira de garantir esse financiamento”, acrescentando que “foi então que percebemos que o território tinha a necessidade de criação de residências universitárias, nesse sentido juntámos aos serviços da sede um espaço que conta com um auditório, um multiusos e uma residência universitária”.

Para Tiago Abalroado “é a simbiose entre a academia e as IPSS”, fazendo votos para que “no futuro esta parceria possa vir a contribuir para captar os profissionais para o setor”.

O Presidente considera importante “mostrar que o setor é muito atrativo e que faz muito bem ás nossas populações”.

Ao que a Rádio Campanário pode apurar a residência irá contar com cerca de 50 camas, sendo que o investimento ainda não está determinado, existindo a convicção de que será avultado, daí as ações de crowdfunding referidas anteriormente. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30