03 Out. 2022
 
3 p’rás 5
15:00-17:00

Elvas

"Respondi desta forma porque pensei tratar-se de perfil falso se soubesse que era um empresário não o teria feito", diz Rondão de Almeida

"Respondi desta forma porque pensei tratar-se de perfil falso se soubesse que era um empresário não o teria feito", diz Rondão de Almeida Foto: Rádio Campanário
Regional Escrito por  07 Ago. 2022

Uma acesa troca de comentários entre o Comendador José Rondão de Almeida, presidente da Câmara Municipal de Elvas, e o empresário José Candeias, proprietário da Telefac com sede em Elvas, está a gerar controvérsia na cidade elvense. Rondão de Almeida retirou uns minutos das férias que está a passar com a família no Algarve para falar com a Rádio Campanário sobre esta situação.

Na base de toda a polémica está uma publicação do empresário José Candeias no seu perfil de Facebook sobre os cortes de trânsito associados à passagem da 83.ª Volta a Portugal pela cidade. Aos microfones da Rádio Campanário, Rondão de Almeida respondeu à publicação, "desconhecendo por completo" de quem se tratava, julgando tratar-se de um perfil falso com uma ofensiva pretensa contra a cidade de Elvas.

"Este Senhor ataca constantemente tudo aquilo que é a sua cidade e eu tive oportunidade de dizer que, se por acaso, não se sentir bem em Elvas que se vá embora. Desconhecia quem era este senhor e, em determinada altura, deduzia que se tratasse de um perfil falso."

Rondão de Almeida vai mais longe e adianta que não falou com nenhum representante da Telefac, uma vez que considera que o perfil de José Candeias não tem qualquer dado de identificação que o permitisse identificar. O edil elvense garante ainda que "dá o peito" na defesa de todos aqueles 

"Não sou um presidente nem só de gabinete nem só para fazer obra, mas também atualizado com esta rede social - Facebook - onde, infelizmente, existem alguns seres humanos que se servem dela como ponto de cobardia para dizerem aquilo que não são capazes de dizer às pessoas."

Questionado pela RC se alguma vez se reuniu com o empresário José Candeias, José Rondão de Almeida garantiu que não, pelo menos com o filho. Já com "Sr. Candeias [pai]" reuniu-se muitas vezes, muitas das quais do tempo em que foi vereador na Câmara Municipal e garante que "foi um dos protagonistas" para que a família conseguisse ter uma loja.

"Trata-se, efetivamente, de uma família que eu tenho grande consideração e grande apreço. Nunca poderia por a empresa em causa."

Sobre as pretensões que o empresário José Candeias publicou no seu perfil de Facebook e que dão conta da intenção da empresa abandonar a cidade de Elvas, Rondão de Almeida garante que "isso é tudo conversa fiada" e questiona: "onde é que vai arranjar um lugar, em que se possa fixar, com melhores condições que aquelas que têm em Elvas?"

À hora de publicação deste artigo a Campanário tinha, igualmente, tentado contactar o empresário José Candeias, mas até ao momento não foi possível obter qualquer declaração.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31