Alter do Chao

REVIVE: Coudelaria de Alter-do-Chão abre para concessão a privados, nos próximos dois meses

Publicado em Regional 13 março, 2018

Até ao final do mês de maio, a Coudelaria de Alter-do-Chão (Portalegre) irá a concurso para concessão turística a privados, ao abrigo do Programa REVIVE.

Dos 33 edifícios identificados para concessão turística, quatro já foram a concurso, tendo o Convento de São Paulo em Elvas, sido adjudicado à Vila Galé, os Pavilhões do Parque D. Carlos I nas Caldas da Rainha, à Visabeira, e o Hotel Turismo da Guarda, ao agrupamento de empresas MRG, encontram-se em análise duas propostas para adjudicação da Quinta do Paço de Valverde em Évora.

O Governo anunciou agora quatro novos edifícios, cujos concursos serão lançados nos próximos dois meses, sendo estes a Coudelaria de Alter do Chão (Portalegre), o Colégio de São Fiel (Castelo Branco), o Convento de Santa Clara, em Vila do Conde, e o Forte da Meia Praia, em Lagos.

Atualmente, o Programa REVIVE conta com uma linha de 150 milhões de euros, para apoiar estes projetos de recuperação por privados, de património público abandonado e inerte, e a sua transformação em hotéis, restaurantes, museus, entre outros.

Esta linha de apoios encontra-se protocolada entre o Turismo de Portugal e os bancos, contemplando condições especiais de apoio aos investidores no desenvolvimento dos projetos no âmbito do REVIVE, garantindo simultaneamente a viabilidade do programa.

De salientar que a Coudelaria de Alter-do-Chão foi fundada em 1748 por D. João V, desenvolvendo atualmente trabalhos com cavalos Lusitanos, e integra o Laboratório de Genética Molecular, sob gestão da Companhia das Lezírias e da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30