16 setembro, 2019
Augusta Serrano
Notícias
17:00-19:30

Alandroal

Sete municípios alentejanos unidos para “demonstrar a importância para toda a região de uma estação ferroviária de mercadorias” em Alandroal, diz autarca João Grilo (c/som)

Publicado em Regional 01 fevereiro, 2019

Sete municípios da zona dos mármores e do Alqueva vão celebrar um protocolo com as Infraestruturas de Portugal (IP) para a realização de um estudo de viabilidade económica para a criação de um terminal de carga e descarga junto à localidade de Alandroal, que serviria toda a região.

João Grilo, presidente da Câmara Municipal de Alandroal, em declarações a esta estação emissora, aponta que “é bastante gratificante verificar que todos os municípios à nossa volta estão empenhados em ajudar-nos […] a demonstrar que é importante para a região termos esta infraestrutura […] de maneira a que o governo possa fazer o investimento”.

O autarca aponta como prioridade desde o início do seu mandato, “tentar demonstrar a importância, não só para Alandroal como para toda a região, de transformar a estação técnica nº2 da linha Sines-Caia que fica junto à localidade de Alandroal, em estação que permita carga e descarga de mercadorias”.

“A lógica de futuro poderá perfeitamente ser que todas as estações que vierem a ser construídas ao longo da linha possam ter também a tomada de passageiros”
João Grilo

A infraestrutura proporcionaria uma maior “dinâmica económica a nível dos mármores, dos vinhos, do Alqueva”, estando envolvidas as Câmaras Municipais de Alandroal, Vila Viçosa, Borba, Estremoz, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Sousel.

O acordo estabelecido prevê que a Infraestruturas de Portugal suporte metade do valor dos estudos, sendo os restantes 50% suportados “em partes iguais” pelas 7 autarquias. “Estamos a falar de um valor próximo dos 5 mil euros, para termos ideia de que é um investimento consideravelmente baixo, para podermos demonstrar a importância de uma infraestrutura para a região que pode beneficiar todos”, aponta.

Sobre a possibilidade de a estação vir a contemplar a tomada de passageiros, o autarca afirma que “neste momento o estudo vai apontar para as mercadorias, mas onde houver estação de mercadorias, facilmente se constroem apeadeiros para passageiros”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30