NACIONAL

Sobe o número e o valor de bolsas para o ensino superior

Regional 20 Set. 2020

De acordo com a notícia avançada pelo Expresso, o número de alunos do ensino superior a receber bolsa de estudo deve aumentar de 72 mil para 80 mil e o valor anual mínimo será de 871 euros, acima do valor máximo de propina, este ano letivo fixado em 697 euros.

O aumento do número de estudantes a receber uma bolsa de ação social acontecerá por via do alargamento do limiar de elegibilidade para receber uma bolsa de estudo – todos os que tenham um rendimento per capita inferior a 8962 euros, de acordo com a informação avançada pelo Ministério da Ciência e do Ensino Superior em comunicado.

Já o valor da bolsa mínima atribuída será de 871 euros, o que corresponde a 125% do valor da propina máxima paga por um estudante de licenciatura.

Outra das medidas de apoio aos estudantes mais carenciados prende-se com o reforço das medidas de apoio ao alojamento para todos os bolseiros deslocados que não encontram lugar numa residência dos serviços de ação social.

Não só aumenta o valor do complemento como este é majorado na deslocação para cidades onde os preços do arrendamento são mais altos.

As ajudas para o pagamento de rendas a alunos que se deslocam para cidades mais caras também vão aumentar.

O novo regulamento de bolsas prevê ainda uma simplificação do processo de atribuição e pagamento e ainda garantias para alunos de famílias que perderam rendimentos ou que não conseguiram frequentar algumas cadeiras.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31