Radio Campanario

Alentejo

Sociedade Portuguesa de Matemática lança distinção aos professores pelo seu contributo no ensino

Regional Escrito por  05 Jul. 2022

 A Sociedade Portuguesa de Matemática e a Associação Álvaro Gonçalves lançaram hoje um novo prémio que pretende distinguir professores pelo seu contributo para o ensino da disciplina e agradecer o trabalho dos docentes.

Destinado aos professores de Matemática dos ensinos básico e secundário, o “Prémio Álvaro Batista Gonçalves”, no valor de cinco mil euros, vai distinguir todos os anos um docente pela sua dedicação ao ensino da disciplina.

“O objetivo é reconhecer a visão, a dedicação e os resultados de um professor”, explicou o presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) no final de um almoço com jornalistas para apresentar o galardão no Grémio Literário, em Lisboa.

De acordo com João Araújo, o intuito é, acima de tudo, agradecer aos professores e Fernando Gonçalves, da associação parceira na criação do prémio, acrescenta ainda que a distinção significa precisamente “obrigada e bom trabalho”.

“Nós precisamos dos professores, gostamos dos professores e queremos dar um contributo modesto. Se isso depois inspirar e ajudar a desenvolver, tanto melhor, mas a nossa posição de partida é mais modesta. É um simples agradecimento”, referiu o presidente da Associação Álvaro Gonçalves, que trabalha para fomentar o gosto pelo estudo da matemática.

O vencedor será decidido por um júri constituído por João Araújo, Fernando Gonçalves, o ex-Presidente da República Ramalho Eanes, os ex-ministros da Educação Eduardo Marçal Grilo e Nuno Crato, e Maria Cortez de Lobão, da Fundação Gaudium Magnum.

As candidaturas à primeira edição do prémio abrem em 29 de setembro e decorrem até 03 de fevereiro e podem candidatar-se professores de Matemática em Portugal dos ensinos básico e secundário.

De acordo com Fernando Gonçalves, as candidaturas deverão incluir, além do currículo e outras distinções atribuídas aos docentes, cartas de recomendação e ensaios que reflitam a sua visão do ensino e o seu percurso.

“No fundo, para dar a perspetiva sobre como criam impacto nos alunos que ensinam, que condicionantes, dificuldades ou outras dimensões têm marcado a profissão e a sua visão sobre o seu papel”, acrescentou.

O prémio é lançado numa altura em que está em discussão pública a revisão do ensino da Matemática, mas questionado sobre as novas aprendizagens essenciais, o presidente da SPM disse apenas que “a coligação é neutra em termos educativos”.

 

C/Lusa

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31